Em 16/05/2019 04:55, Categoria: Sem categoria

Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa se encerra em 31 de maio


Por: Franciele Moraes

Agricultores têm até o dia 31 de maio para fazer a vacina em rebanhos de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa. Segundo a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, a febre aftosa é uma doença grave, altamente contagiosa, responsável por grandes prejuízos econômico e sociais.

A Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa, no município de Lagoa Vermelha, abrange as regiões de Caseiros e Capão Bonito do Sul. Esse ano, a Campanha traz algumas novidades: houve uma alteração na dose da vacina que por muitos anos foi de 5ml e agora passou a ser de 2ml. De acordo com o fiscal agropecuário e veterinário, Márcio Chilanti, houve outra mudança: uma alteração na composição da vacina.  Foi retirada a substância saponina para diminuir as lesões e abcessos que a injeção poderia causar no animal.

Márcio comenta que a expectativa é para que toda a população bovina e bubalina seja vacinada. Entretanto, ele alerta que até o momento poucos produtores rurais vacinaram seus rebanhos. “Em torno de 30% dos produtores já comprovaram a vacinação. Já estamos na metade do mês, então é importante esse chamamento, pois a disponibilidade da vacina irá até dia 31 de maio”, explica. O produtor deve apresentar a Nota Fiscal da compra de doses na Inspetoria Veterinária, em até 5 dias úteis, após o término da Campanha.

As vacinas estão disponíveis para venda em agropecuárias credenciadas. De acordo o veterinário, a aplicação da vacina deve ser embaixo da pele, no pescoço do animal, logo à frente da paleta. É de extrema importância que a agulha esteja limpa. Márcio salienta que a melhor maneira de desinfecção da agulha é com água quente. Pois a contaminação dos aparelhos também pode levar à lesões locais.

O veterinário esclarece que as doses devem ficar no gelo, entre 2 e 8 graus. Ele também fala que a vacina é segura e de qualidade, não havendo contraindicação. “Nós temos uma grande tecnologia em cima de medicamentos e vacinas. Os bovinos e bubalinos devem ser vacinados. Toda a vacina tem uma reação no organismo, todavia isso ocorre porque o organismo está produzindo as defesas. E não vale somente para a febre aftosa, mas para todas as vacinas, tanto para animais, quanto para humanos”, diz.

Mais informações

Dúvidas a respeito da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa podem ser tiradas na Inspetoria Veterinária de Lagoa Vermelha, no fone (54) 3358-4071, ou pessoalmente na rua Protásio Alves, 326, Pedregal das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.



Publicado por: Assessoria de Imprensa
Esta notícia foi visualizada 91 vez(es).