Em 17/04/2019 10:19, Categoria: Educação, Cultura e Desporto

Leticia Wierzchowski é a patrona da Feira do Livro 2019


Leticia Wierzchowski é a patrona da Feira do Livro de Lagoa Vermelha. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (17), pela Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, organizadora da feira, em coletiva na Prefeitura. A Feira do Livro deste ano ocorre entre 06 e 09 de novembro de 2019.


Bruno Alencastro / Agencia RBS

Letícia Wierzchowski Gomes é uma escritora brasileira e roteirista, mais conhecida como a autora de A Casa das Sete Mulheres.

Antes de se dedicar às letras, Wierzchowski estudou em uma universidade pública de arquitetura, curso que não chegou a completar. Foi proprietária de uma confecção de roupas e trabalhou no escritório de construção civil de seu pai. Enquanto trabalhava neste último emprego, começou a escrever ficção.

Seu romance de estreia, publicado em 1998 e relançado em 2001, O anjo e o resto de nós, conta a saga da família Flores, ambientada no início do século XX no interior do Rio Grande do Sul.

A escritora gaúcha Martha Medeiros sugeriu a leitura do primeiro romance de Letícia a um amigo paulistano de naturalidade gaúcha e descendente, como Letícia, de poloneses. O publicitário Marcelo Pires gostou tanto do livro que enviou, em dezembro de 1998, um e-mail à autora e ambos passaram a se corresponder regularmente pela rede. Menos de um ano após a primeira mensagem, em 17 de setembro de 1999, Letícia e Marcelo casaram-se. Na cerimônia de casamento, o casal distribuiu aos convidados um pequeno livro com algumas das mensagens trocadas por eles. Um dos participantes da festa, o editor Ivan Pinheiro Machado, da LP&M, acreditou que o livro poderia fazer sucesso e lançou uma edição comercial. Nascia assim, em 1999, o livro Eu@teamo.com.br, que teve suas edições rapidamente esgotadas. Letícia e Marcelo são atualmente divorciados, o que inspirou o romance Navegue a lágrima. Os casais têm dois filhos, João e Tobias.

O grande sucesso literário de Letícia viria com o romance A casa das sete mulheres, adaptado pela Rede Globo numa minissérie que foi ao ar em 2003 e reexibida em 2006. Instigada por seus editores a escrever uma continuação da saga das sete mulheres gaúchas durante a Revolução Farroupilha, recusou-se de início, pois tinha outros projetos literários. No entanto, acabou cedendo às pressões e lançou Um farol no pampa, em que retoma a vida dos personagens da A casa das sete mulheres. Em 2017 a escritora encerrou a trilogia da A casa das sete mulheres com o romance Travessia: a história de amor de Anita e Giuseppe Garibaldi.

Letícia trabalhou em parceria com Tabajara Ruas, no roteiro cinematográfico de O Continente, baseado na obra de Érico Veríssimo que originou o filme e minissérie O tempo e o vento com direção de Jayme Monjardim e Thiago Lacerda no papel do capitão Rodrigo Cambará, mesmo ator de Giuseppe Garibaldi na série A casa das sete mulheres.

As edições estrangeiras dos livros da escritora apresentam-se na Alemanha, Croácia, Espanha, França, Grécia, Itália, Portugal entre outros países.



Publicado por: Assessoria de Imprensa
Esta notícia foi visualizada 263 vez(es).