Em 18/02/2019 04:06, Categoria: Agricultura e Meio Ambiente

“Priorizo sempre a qualidade, onde executar os serviços que seja bem feito” diz Piardi


Recém empossado na Secretaria de Obras e Viação, Eder Piardi, comentou os desafios que encontrará ao comandar duas pastas no Governo Municipal. Piardi é Engenheiro Agrônomo concursado na Prefeitura de Lagoa Vermelha desde 2015, e chefia a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente desde dezembro de 2016.

01 – No instante em que assume a Secretaria de Obras e Viação, quais são as suas principais plataformas de ação para a pasta?

As principais plataformas são o programa de governo Somos Todos Lagoa, pois esse programa eu considero primordial, foi pactuado com a própria população, onde foram levantadas as necessidades de cada comunidade e de cada bairro e isso não podemos esquecer e nem deixar de lado, pois é a voz que vem do povo. Também considero como essencial a manutenção das estradas do interior, pois essas estradas são o único meio de escoamento da produção agropecuária do município, contudo, sabemos das dificuldades que encontraremos, tendo em vista o nosso município possuir uma grande área territorial e uma malha viária bastante extensa para ser mantida, todavia, vamos organizar um cronograma de serviços que nos permita dar atenção a todas elas, ou pelo menos a maior parte delas. Nesse ponto das estradas é bom salientar que eu priorizo sempre a qualidade e não a quantidade, então, não fujo da ideia de onde for fazer estrada, tentar fazer da melhor maneira possível para evitar desperdício de dinheiro e ter que realizar manutenções muito seguidas; sei que para isso o tempo necessário para chegar nas ultimas comunidades demanda um período um pouco mais longo, mas a médio prazo compensa e todos saem ganhando.

02 – Como foi a decisão em assumir a Secretaria?

Para falar bem a verdade, eu gosto de desafios, sou movido por desafios e esse, inicialmente se mostrou um desafio bem motivador, pois a Secretaria de Obras eu considero como uma das maiores secretarias do governo, talvez a mais complexa delas e isso me animou bastante. Logicamente, fiquei bastante triste pela saída do meu amigo Admilson, mas entendo que não podia fugir dessa responsabilidade de servir o nosso município.

03 – Atualmente, o senhor responde por duas secretarias: Agricultura e Meio Ambiente e Obras e Viação, é definitivo essa situação?

Sim, definitivo. Logicamente não podemos dizer até quando, pois, um secretário municipal sabe que a qualquer momento pode estar sendo substituído por outra pessoa, por necessidade, por alguma eventualidade ou por algum outro motivo qualquer, contudo, como já tenho feito na Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, vou me doar ao máximo também na Secretaria de Obras e Viação. Sei das minhas limitações e sempre tento compensar elas com bastante esforço e comprometimento e isso não vai mudar, mesmo estando a frente das duas pastas.

04 – Tomaram posse também, dois novos coordenadores de trabalho na secretaria, foram escolhas sua?

Sim, junto comigo estão iniciando os trabalhos na Secretaria de Obras o Ênio Merib Machado e o Flávio Arruda, são pessoas de minha confiança, altamente capacitadas, com um ótimo histórico de prestação de serviços para a comunidade lagoense em suas funções há vários anos e ambos eu conheço desde criança e sei que irão prestar um excelente trabalho. Então posso dizer que essas escolhas foram por confiança e afinidade.

05 – Como conciliar a atuação em duas secretarias?

Não vejo problemas em conciliar as duas secretarias. Na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente nós, juntamente com meus colegas, organizamos uma forma de trabalhar, onde todos sabem os seus direitos e os seus deveres, todos lá são conscientes das suas atribuições. Temos pessoas altamente capacitadas e temos implantada em nossa cabeça que somos um grupo, onde todos sabem que não precisa da figura de um “secretário”, vigiando o desenvolvimento das ações, pois temos um cronograma de serviços que vem sendo executado há mais de 2 anos da mesma forma, com o mesmo comprometimento.

Na Secretaria de Obras também existe uma boa organização e um cronograma de serviços especifico e essa organização nos permite dividir o tempo entre uma e outra. No entanto, na Secretaria de Obras ainda estou descobrindo algumas coisas, estou conhecendo o perfil de cada colega que tenho, mas certamente são pessoas que sempre trabalham pelo bem no município, igual a mim.

06 – Quais serão as prioridades da pasta, a partir de agora?

Na Secretaria de Agricultura seguimos o mesmo cronograma, com ações específicas a serem desenvolvidas nos próximos meses nas seguintes áreas: Centro de Treinamento de Produtores, Programa Capital Nacional do Churrasco, Casa do Agricultor e Feira Livre, Programa Amigo Bicho (Para tentar solucionar o problema dos animais abandonados), dentre diversas outras atividades que estão sendo desenvolvidas. Em tempo, também iremos dar atenção na parte de limpeza urbana, contudo, esse assunto será melhor debatido após a licitação que ocorrerá para prestação dos serviços de coleta de lixo e limpeza urbana.

Na Secretaria de Obras, temos os serviços rotineiros, como: Tapa buraco, conserto de esgoto, manutenção de estradas e ainda o Programa Somos Todos Lagoa, onde será dada continuidade a pavimentação das ruas escolhidas pela comunidade nas reuniões que foram realizadas nos bairros. Ainda, teremos também a melhoria em algumas praças do município.

07 – Como avalia até o momento, o desempenho do Governo Bonotto?

Avalio de uma forma bem positiva, pois vejo nele uma pessoa com ideias muito produtivas para o município e adepto a uma política estruturante, onde se prioriza sempre o interesse público, planejando ações e programas sempre a médio e longo prazo, pensando em não trazer prejuízo aos cofres públicos e a população em geral, logicamente que isso gera um tempo maior para execução de algumas ações, mas isso é recompensado logo em seguida, pois evita-se retrabalho e manutenções em curtos espações de tempo. Vejo também que não é uma administração que cede a pressão, não é partidária, não existe política de amizades, onde só os amigos têm direito, nota-se que todos têm direitos iguais. E foi exatamente isso que me motivou a caminhar junto com o Prefeito, pois muitos desses ideais são os meus também, se fossem contrários aos meus, certamente eu estaria em outro lugar agora.

08 – Como está o seu entrosamento com o Prefeito Gustavo Bonotto?

Com o Prefeito Gustavo, sempre tivemos uma relação muito boa, muito próxima, pois encontro nele ideias muito parecidas com as que eu defendo, porém, muitas também divergimos, mas o importante é que um bom diálogo sempre, principalmente nas ações mais importantes e relevantes para a comunidade, debatemos sempre tentando achar as melhores soluções e o interessante disso é que o Prefeito nos permite colocar os nossos pontos de vistas de maneira clara e aceita sugestões quando são pertinentes e isso ajuda. Ele sempre diz que não é o senhor da razão, tem as convicções dele, mas é aberto ao diálogo sempre pensando no bem da nossa cidade.

09 – Considerações Finais

Aqui eu deixo meu grande agradecimento ao pessoal da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente que nunca mede esforços para ajudar a trabalhar pelo nosso município e também um agradecimento especial a ótima receptividade que tive na Secretaria de Obras e Viações, pois fui muito bem acolhido pelos colegas de lá também.

E a nossa população eu aviso que estou assumindo essa missão para tentar dar a minha contribuição para o desenvolvimento do município, sempre vou batalhar, me empenhar e me comprometer com o bem coletivo, pois é essa a nossa função e caso mais a frente eu veja que não estou mais atendendo satisfatoriamente e nem rendendo o esperado certamente serei o primeiro a entender e abrir espaço para outros que possam contribuir ainda mais. Por enquanto, agradeço o apoio e peço um voto de confiança. Um abraço a todos.



Publicado por: Assessoria de Imprensa
Esta notícia foi visualizada 100 vez(es).